Submissão de Pôsteres

ATENÇÃO: TRABALHOS APROVADOS PARA APRESENTAÇÃO

Apresentação de pôster dividida por data e horário.

Sexta-feira – Horário Sessão de Pôster I-  15h 30min – 16h 30min
             Apresentador                               Título
1 Aldemir Malveira de Oliveira AMAZONAS NO ENEM SEM FRONTEIRAS E SEUS IMPACTOS NA MATEMÁTICA DO ENSINO MÉDIO DA REDE ESTADUAL DO AMAZONAS-BRASIL
2 ALICE JENNEFER DA SILVA MATEMÁTICA EM MÃOS: INVESTIGAÇÃO NO ENSINO DE MATEMÁTICA
3 Ana Cláudia Ribeiro Martins A Resolução de Problemas na Educação Matemática
4 Andre Fidelis Vilas Boas Estúdio da Matemática uma Aprendizagem Ativa
5 Andressa Rubim A aula de Matemática como espaço para investigação
6 Antonia Charmilla Freire Batista PIC/OBMEP COMO UMA FERRAMENTA DE INCLUSÃO SOCIAL POR MEIO DA DIFUSÃO DO CONHECIMENTO ATRAVÉS DO AMBIENTE VIRTUAL: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O POLO SOBRAL VIRTUAL
7 Ayla Moulaz Carvalho Aprendizagem da Docência: Narrativas do PIBID
8 Carolina de Oliveira Tsuda RODAS E CAMINHOS EXÓTICOS: MODELAÇÃO MATEMÁTICA E PROPOSTAS DE ATIVIDADES EDUCACIONAIS
9 Cristiano Pereira Silva O DIÁLOGO E A DIALOGICIDADE COMO MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA PARA A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA NO ENSINO A DISTÂNCIA.
10 Danielle Daiane Pereira Frozi Brisola Geometria Fractal
11 Dayene Ferreira dos Santos PROPOSTA PEDAGÓGICA: A INTERDISCIPLINARIDADE DA MATEMÁTICA COM A BIOLOGIA PARA O ENSINO DE FUNÇÕES POR MEIO DO JOGO
12 Débora Vieira de Souza Uma proposta para o 9º ano do ensino fundamental a partir da Aprendizagem Baseada em Problemas
13 DENIS CARLOS LIMA COSTA PROCESSAMENTO ANALÍTICO EM PYTHON COMO ESTRATÉGIA À INTEGRALIZAÇÃO DAS DISCIPLINAS MATEMÁTICA, FÍSICA E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO
14 Eduardo da Conceição Rosario JOGOS CONCRETOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA PARA O 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
15 Eduardo Machado da Silva CURVAS DE NÍVEL, GRÁFICOS DE FUNÇÕES COM 2 VARIÁVEIS E O PLANO TANGENTE COM O GEOGEBRA
16 Evilane Leão Cordeiro LETRAMENTO MATEMÁTICO: LER, COMPREENDER E CALCULAR.
17 Gilberto Vieira Resolução de problemas abertos e a aprendizagem matemática
18 Ilza Carla Morgueto Sousa HIPÓTESES DAS CRIANÇAS COMO MOBILIZADORA NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO NO ESTUDO DAS FRAÇÕES E MEDIDAS
19 Isaura Almeida MATEMÁTICA RECREATIVA:  INVESTIGANDO QUADRADOS MÁGICOS
20 Ivan Pinheiro de Oliveira EQUAÇÕES DE RECORRÊNCIA: PROPOSTA PARA O ORÇAMENTO FAMILIAR
21 JAIME BATISTA DE SOUZA UTILIZANDO O JOGO “GARTIC” NO ENSINO DE MATEMÁTICA
22 Janaino S V de Atahide NÚMEROS COMPLEXOS E ALGUMAS POSSÍVEIS ALTERNATIVAS PARA SUAS ACEITAÇÃO NO ENSINO BÁSICO
23 Jéssica Andrade Teixeira Um estudo sobre a aprendizagem de volumes segundo a teoria de Van Hiele
24 Jorge Costa Silva Filho O ENSINO DE MATEMÁTICA E A LEI 10639/03
25 Kassandra Camargo Silva RECURSOS MANIPULÁVEIS EM MATEMÁTICA PARA CÁLCULO DE DISTÂNCIAS, USANDO CONCEITOS DE GEOMETRIA E TRIGONOMETRIA NOS TRIÂNGULOS
26 Luiz Ricardo Escobar Junior Olimpiadas, o grande desafio da matemática
27 MANOEL DOS SANTOS COSTA O PAPEL DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NA FORMAÇÃO INICIAL DE FUTUROS PROFESSORES DE MATEMÁTICA
28 MANOELA GONÇALVES ORNELAS CANGUSSU A UTILIZAÇÃO DA APRENDIZAGEM “PELOS PARES” NO ENSINO DE LOGARITMOS
29 Maria Gabriela Leme Munhoz UM INSTRUMENTO DIFERENCIADO DE AVALIAÇÃO EM UM CURSO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES
30 Maria Mailane Vieira da Silva A Educação Estatística no Ensino Médio: uma comparação entre os PCN+ e a BNCC
31 Mateus Ramos de Almeida ANÁLISE DE PESQUISAS QUE INVESTIGARAM O PENSAMENTO MATEMÁTICO AVANÇADO NOS CURSOS DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA
32 Natacha Sobrinho Eloy PRÁTICAS DOCENTES INOVADORAS PARA UM TRABALHO DIVERSIFICADO E INCLUSIVO COM FOCO NO ENSINO DE MATEMÁTICA
33 Renata Udvary Rodrigues GEOMETRIA E ENSINO HÍBRIDO… VOCÊ JÁ OUVIU FALAR?
34 Ricardo Gonçalves A METODOLOGIA DE ENSINO E APRENDIZAGEM ATRAVÉS DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS  PARA AS FUNÇÕES DEFINIDAS POR VÁRIAS SENTENÇAS
35 roberto cesar cucharero peregrina Panoptismo e Ensino de Matrizes: Uma proposta interdisciplinar
36 Rogério Starich Silva Ambientar um laboratório de ensino de matemática
37 Thiago Carvalho Pires A utilização de um aplicativo digital como ferramenta facilitadora da aprendizagem de Geometria Espacial no Ensino Médio
38 Matheus de Almeida A TÁBUA DE GALTON COMO FERRAMENTA DE ENSINO DAS DISTRIBUIÇÕES BINOMIAL E NORMAL DE PROBABILIDADE
39  Daniela Alves Soares CENÁRIOS PARA INVESTIGAÇÃO E MATEMÁTICA PARA A JUSTIÇA SOCIAL NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

 

Sábado – Horário Sessão de Pôster II-  15h 30min – 16h 30min

           Apresentador                                        Título
1 Adriana de Andrade REFLEXÕES SOBRE UM MINICURSO DE XADREZ COMO FERRAMENTA PARA O DESENVOLVIMENTO COGNITIVO
2 Adriana Lopes DIÁLOGO ENTRE HISTÓRIA DA MATEMÁTICA E ENSINO
3 ADRIANA MARTINEZ GRIMALDOS COMPETICÕES MATEMÁTICAS BASEADAS EM RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS: CONTRIBUIÇÕES PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA
4 André Ferreira Mendes GEOMETROPOLIS:UM JOGO DE GEOMETRIA PARA TABULEIROS E APLICATIVOS DE CELULAR
5 André Rodrigo Reis Gonçalves A arte de Resolver Problemas e a OBMEP: uma proposta de atividades para a sala de aula
6 ANTONIO PAULO MUCCILLO DE MEDEIROS MULHERES NA MATEMÁTICA
7 Carina Brunehilde P Silva ARTESANATO NO ENSINO DE FORMAS GEOMÉTRICAS: UM OLHAR ETNOMATEMÁTICO
8 Caroline dos Santos Moreno REGISTRO DO PROFESSOR: UMA FERRAMENTA PARA O AVANÇO NO DESENVOLVIMENTO DA MATEMÁTICA PARA ALUNOS DO 2º ANO.
9 Daniel Amaral Prates A PROBABILIDADE ATRAVÉS DOS JOGOS DE CASSINO: PROBLEMAS CLÁSSICOS E FREQUENTISTAS.
10 Denilson Inacio Lopes da Silva MATEMÁTICA NAS DISCIPLINAS: “COORDENANDO – RESOLVENDO DESAFIOS ATRAVÉS DE COORDENADAS”
11 Edson de Souza Carneiro Fialho A Taxonomia de Bloom aplicada à avaliação em Matemática
12 Francisco Felinto da Silva Jr OCC-RDD UMA TÉCNICA NARRATIVA PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS DE AULA E CONTEUDO NO ENSINO DA MATEMÁTICA
13 Gabrieli Silva Ney de Paula Utilizando o Material Dourado e os Experimentos Mentais para Encontrar as Raízes de Polinômios Quadráticos
14 GILBERTO DE PAIVA ANÁLISE DE FERRAMENTAS DIGITAIS MATEMÁTICAS PARA O ENSINO PROFISSIONALIZANTE
15 Horacio Emidio de Lucca Junior Uso de ferramentas computacionais para análise de tumores utilizando morfologia matemática.
16 Ivan Marcos Groff MATEMÁTICA E ARTE: UMA PROPOSTA INTERDISCIPLINAR COM ARTE CINÉTICA E TRIÂNGULOS
17 João Paulo Silva do Nascimento O ENSINO DE ANÁLISE COMBINATÓRIA POR MEIO DO PRINCÍPIO MULTIPLICATIVO.
18 JOEMILIA MARIA PINHEIRO ALMEIDA O PAPEL DAS REPRESENTAÇÕES SEMIÓTICAS NA APRENDIZAGEM MATEMÁTICA
19 Kessia Tatiane Rodrigues dos Santos MATEMÁTICA NAS DISCIPLINAS – “NAVEGANDO EM RIMAS MATEMÁTICAS”
20 Larissa Sousa de Oliveira TRAZENDO O LÚDICO PARA A SALA DE AULA: JOGOS DIDÁTICOS
21 LEONARDO ARAUJO SILVA COMUNICAÇÃO DO CONCEITO DE FUNÇÃO A PARTIR DO TRATAMENTO GEOMÉTRICO: UMA ANÁLISE DO CONHECIMENTO DO PROFESSOR
22 Licia Giesta Ferreira de Medeiros A MATEMÁTICA E A ASTRONOMIA: DESVENDANDO OS MISTÉRIOS DO UNIVERSO
23 Manoel Wallace Alves Ramos GEOGEBRABOOK: RECURSOS DINÂMICOS PARA O ENSINO DE ÁLGEBRA VETORIAL
24 Márcia Scodeler A LUCIDADE DOS JOGOS NA SALA DE AULA DE MATEMÁTICA
25 marcos  agostinho de freitas As análises das variações dos coeficientes nas funções quadráticas, com o programa Winplot
26 MONICA ALMEIDA GAMA Guerra nas Estrelas – uma disputa de episódios
27 Monica de Figueiredo Bachir O ESTUDO DA GEOMETRIA ESPACIAL ATRAVÉS DA CONSTRUÇÃO DE ORIGAMIS EM SALA DE AULA
28 Nickson Deyvis da Silva Correia MATEMÁTICA NAS DISCIPLINAS: “TRILHAMAT ESPORTE”
29 Patricia dos Santos Maigre ANÁLISE DE ERROS E DE FATORES ASSOCIADOS NA AVALIAÇÃO DIAGNÓSTIVA DE ESTUDANTES INGRESSANTES EM CURSOS DE CIÊNCIAS EXATAS, NO ENSINO SUPERIOR
30 Priscila Germano dos Santos A INTEGRAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS EM PROCESSOS FORMATIVOS E OS CONHECIMENTOS DO PROFESSOR QUE ENSINA MATEMÁTICA
31 Roseli Rosalino Dias Da Silva Angelino EDUCAÇÃO ESTATÍSTICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA
32 Sávia Cristina Vidal CRIPTOGRAFIA COMO FERRAMENTA EDUCACIONAL NO ENSINO DE TÉCNICAS DE CONTAGEM PARA O ENSINO MÉDIO
33 Vivian Leticia Chaves de Novais A importância do Laboratório de Ensino de Matemática
34 Viviane da Silva Stellet Aprendizagem significativa: Criptografia como ferramenta no ensino de funções
35 Wanessa Cavalcanti Oliveira MMCBOARD
36 Carmen Vieira Mathias UM HISTÓRICO DOS SOFTWARES DE GEOMETRIA DINÂMICA

 

Sábado – Horário Sessão de Pôster – Extra-  18h – 19h
                  Apresentador                                                  Título
1 ALANO GOMES DE OLIVEIRA CÁLCULO DE VOLUME ATRAVÉS DE OBSERVAÇÕES E CRIPTOGRAFIA COM FUNÇÃO INVERSA
2 Amanda Barretos Lima Garuth APLICAÇÃO DO SOFTWARE GEOGEBRA EM CÁLCULO DIFERENCIAL
3 Ana Paula Gonçalves Pita Título: EDUCAÇÃO ESTATÍSTICA EM UM CENÁRIO PARA INVESTIGAÇÃO: POSSIBILIDADES DE APRENDIZAGEM CRÍTICA DA MATEMÁTICA
4 Ana Paula Ximenes Flores CICLO TRIGONOMÉTRICO TÁTIL E O ENSINO DE TRIGONOMETRIA PARA ALUNOS COM DEFICÊNCIA VISUAL
5 Carlos Henrique Lange RAZÃO E PROPORÇÃO NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA
6 Carolina Yumi Lemos Ferreira Graciolli Divisão de segmentos e Origamis
8 Danielle Angélica da Luz e Silva O Ensino Híbrido como Metodologia do Ensino na Matemática – Geometria Espacial – Pirâmides Regulares
9 Débora Cristina Borba Pereira Favero AS MUDANÇAS GERADAS PELA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR NOS LIVROS DIDÁTICOS DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL DENTRO DA ÁLGEBRA
10 Deise Lilian de Oliveira Utilizando o Scilab como Ferramenta Pedagógica no Ensino da Matemática
11 Denis Alderige Melo Chaves PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
12 Diego Bortoleto Licca HIPERCUBO E ENSINO DE GEOMETRIA
13 Douglas Maicon de Souza Dias PICMat (PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DE MATEMÁTICA)
14 FRANCISCO ARISTONIO DE ALMEIDA SANTOS VIAGEM POÉTICA AO MUNDO DA MATEMÁTICA
15 Gabriel Henrique Rodrigues da Silva O USO DE ÁREAS DE FIGURAS PLANAS PARA O ENSINO DE PRODUTOS NOTÁVEIS
16 Gerson dos Santos Farias Diferentes Abordagens para o Ensino das Cônicas
17 Jane Lopes de Sousa Goma A COMUNICAÇÃO ESCRITA MATEMÁTICA ENVOLVENDO O PENSAMENTO ALGÉBRICO COM FUTUROS PROFESSORES DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL
18 Jéssica Andrade Teixeira Um estudo sobre a aprendizagem de volumes segundo a teoria de Van Hiele
19 Jéssica Soares de Souza CONSTRUÇÕES COM RÉGUA E COMPASSO PARA ESTUDO DE NÚMEROS IRRACIONAIS
20 JOAO RICARDO VALLIM PEREIRA NÚMEROS IRRACIONAIS VIA SEQUÊNCIAS DE RACIONAIS
21 Marcela Almeida da Silva ANÁLISE DO CONHECIMENTO EM MATEMÁTICA BÁSICA DOS ALUNOS DE 4° E 5° ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL
22 Marcia Roberta dos Santos Pires da Silva HISTÓRIA DA MATEMÁTICA COMO RECURSO PEDAGÓGICO PARA CONCEITOS DO CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL
23 Marlon Amorim Tenório Mais com menos – Matemática de forma minimalista
24 MATHEUS MACHADO GARCIA CADEIAS DE MARKOV COMO POSSIBILIDADE DE CONTEXTUALIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO NO ENSINO DE TEORIA DAS PROBABILIDADES E MATRIZES
25 Melissa Tanaka Um jogo de matemática envolvendo porcentagem
26 Pedro Marcos Mossulin Ferreira Uso do processo de investigação no estudo de funções inversas
27 PRISCILA LOPES DE LIMA  CARVALHO UM ESTUDO SOBRE NÚMEROS COMPLEXOS
28 Rafael de sá neres ROLETA CONJUNTOS NUMÉRICOS
29 Renata Siqueira Reis MALBA TAHAN E O ENSINO MEDIO
30 Ricardo Pessoa dos Santos O Sudoku e a Matemática
31 Rodrigo Dantas de Lucas Ação mediada no ensino de funções com o GeoGebra
32 Rosangela Teixeira Guedes Aplicação do Sofware geogebra em cálculo diferencial
33 Sérgio Miranda de Araújo Júnior Utilizando o Software Scilab como recurso pedagógico para dinamizar o ensino de Álgebra Linear
34 Thallyenne Pereira da Costa O TEOREMA CHINÊS DOS RESTOS E A IMPORTÂNCIA DA CONTEXTUALIZAÇÃO HISTÓRICA
35 Vivian Patricia Gonçalves Reis UM RELATO DE EXPERIÊNCIA COM JOGOS MATEMÁTICOS NO CURSO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DOS ANOS INICIAIS
36 Willian Pereira Barreto Secções Cônicas na Educação Básica: recursos didáticos em uma plataforma interativa

 

OBS: Cada participante é responsável por levar seu pôster no dia e horário previamente divulgados.

 

A submissão de trabalho é feita pelo sistema de inscrições, no ato ou após a inscrição, no período de 15 de Junho até 15 de Outubro de 2018, mediante upload do arquivo que contenha o resumo do trabalho, com no máximo duas páginas, conforme o template e em formato .pdf (clique em Inscrições no menu principal do site).

Cada participante poderá submeter um único trabalho e somente receberá certificado pela apresentação o autor devidamente inscrito e que participar do evento. No caso de trabalhos com mais de um autor, somente receberá certificado de participação aquele que o tiver submetido.

O trabalho submetido deve se enquadrar em um dos seguintes eixos temáticos:

  • T1: Abordagens e metodologias inovadoras em Matemática na Educação Básica
  • T2: Ensino de Matemática nos anos iniciais (1º a 5º) do Ensino Fundamental
  • T3: Ensino de Matemática na Educação de Jovens e Adultos e nos cursos técnicos integrados ao ensino médio
  • T4: Formação inicial e continuada de professores de Matemática
  • T5: Desenvolvimento de materiais e recursos didáticos em Matemática
  • T6: Tecnologias digitais no ensino de Matemática
  • T7: Avaliação no ensino da Matemática
  • T8: História da Matemática e prática docente
  • T9: Educação Inclusiva e Matemática

 

O arquivo do resumo deverá ser salvo com o nome: PO_eixo temático_nome do autor_último sobrenome.pdf

Exemplo: PO_T2_Maria_Silva.pdf.

Clique AQUI para visualizar o modelo do resumo.

 

Para submeter o seu trabalho clique aqui.

 

Orientações para formatação e apresentação do Pôster

Os trabalhos serão apresentados na forma de pôster, embora a comissão acadêmica possa convidar alguns autores a fazerem apresentação oralmente. Não existe modelo definido para o texto do pôster, mas é necessário seguir as seguintes diretrizes:

Possuir cordão superior que permita que o pôster seja pendurado.

– Dimensões máximas: 1m x 1m.

– O título, autor(es) e orientador(es) devem ser indicados na parte superior.

– Sugestão para tamanho das letras:

Título: tamanho 70 (1,5cm de altura)

Autores e orientadores: tamanho 50 (1cm de altura)

Texto: tamanho 28 (0,7cm de altura)

– Busque um bom equilíbrio entre texto e ilustrações, estas devem ocupar uma área maior.

 

Clique AQUI e baixe um modelo para pôster (uso não obrigatório)

Segundo a programação do evento, os pôsteres serão expostos em ambiente de circulação dos participantes, onde seus autores terão a oportunidade de apresentá-los no(s) dia(s) programado(s) pela Comissão de Organização. Os autores devem estar próximos ao pôster nos horários da apresentação e devem preparar uma apresentação oral sucinta (2 a 3 minutos) do seu trabalho.

Observações Importantes:

  • Todos os trabalhos serão avaliados pela Comissão de Avaliação. Para que o trabalho seja aprovado para ser apresentado no evento é necessário o pagamento da inscrição como participante.
  • Somente serão aceitos os trabalhos que estiverem de acordo com as normas detalhadas. O conteúdo e a correção gramatical dos textos serão de responsabilidade do(s) autor(es).