Programação

SEXTA (30/11) SÁBADO (01/12) DOMINGO (02/12)
 

 

 

 

MANHÃ

 

 

 

Credenciamento

8h30min – 10h

Minicursos – 1ª parte

10h – 12h

Grupos de Trabalho 1, 2, 3 e 4

8h30min – 10h30min

(Discussões e Atividades em vários grupos)

 

Intervalo

10h30min – 11h

 

Palestra 2 – “Epistemologia e Didática da Matemática”

11h – 12h

 

 

Plenária dos Grupos de Trabalho 1, 2, 3 e 4

8h30min – 10h30min

Intervalo

10h30min – 11h

Mesa Redonda 2 e Encerramento

11h – 13h

ALMOÇO 12h – 13h30min 12h – 13h30min  
 

 

 

 

 

 

 

TARDE

 

Minicursos – 2ª parte

13h30min – 15h30min

Sessão de Pôsteres

15h30min – 16h30min

Intervalo

16h30min – 17h

Exposição Matemateca

17h – 18h30min

 

 

Mesa Redonda 1

13h30min – 15h30min

Sessão de Pôsteres

15h30min – 16h30min

Intervalo

16h30min – 17h

Palestra 3 – “Matemática Recreativa, é matemática. Um contexto rico para explorar e desenvolver o pensamento matemático e a criatividade dos estudantes.”

17h – 18h

 

 
NOITE Solenidade Oficial de Abertura e

Palestra – “No meio do caminho tinha uma pedra…”

18h30min – 20h

 

 

 

Palestras

 

PALESTRA DE ABERTURA 30/11 – 19:00

Título: No meio do caminho tinha uma pedra…

Profa. Lisbeth K. Cordani – IME-USP

Resumo: Serão comentados avanços e recuos da Educação Estatística ao longo do tempo. Uma discussão sobre a situação atual será apresentada.

 

PALESTRA 2 01/12 11:00

Título: Epistemologia e Didática da Matemática

Prof. Nilson José Machado – FE-USP

Resumo: Nossas concepções sobre os temas que ensinamos influenciam nossas ações docentes, ou seja, a epistemologia que professamos encontra-se diretamente relacionadas com a didática que organiza nossa prática em sala de aula. Entre as visões platônica e aristotélica da Matemática coexistem variadas concepções, envolvendo ideias de pensadores tão díspares quanto Descartes e Vico, Newton e Leibniz, Hilbert e Poincaré, Popper e Polanyi, Adorno e Habermas, entre outros pares complementares, em algum sentido. Não existem concepções corretas e incorretas; continuamente fazemos escolhas, combinamos visões e perspectivas. Examinar as diferentes formas de tratamento dos temas matemáticos, buscando uma sintonia fina entre concepções e ações docentes é o objetivo principal da presente palestra.

 

PALESTRA 3 01/12 – 17:00

Título: Matemática Recreativa, é matemática. Um contexto rico para explorar e desenvolver o pensamento matemático e a criatividade dos estudantes.

Prof. Antônio José Lopes (Bigode)