Entrevista com o prof. Fidelis Castro, egresso do PROFMAT e doutor em Matemática Aplicada pela UNICAMP

1) Nos conte um pouco sobre como se tornou professor de Matemática, sobre a sua trajetória acadêmica e profissional.

Sou natural de Vitória, Espírito Santo. Nasci em uma família bem simples. Minha mãe é vendedora de produtos cosméticos desde o final da década de 1970 e o meu pai era eletricista de automóveis. Ele faleceu quando eu tinha 21 anos. Cresci no bairro Boa Sorte, situado no município de Cariacica, na periferia da Grande Vitória. Estudei todo o Ensino Básico em  escolas públicas, primeiramente na rede municipal de Cariacica, depois na rede estadual.

Ler maisEntrevista com o prof. Fidelis Castro, egresso do PROFMAT e doutor em Matemática Aplicada pela UNICAMP

Entrevista com o prof. Elion da Silva, egresso do PROFMAT aprovado no doutorado da UFRJ

6a

 

1) Nos conte um pouco da sua trajetória profissional, acadêmica e intelectual.

Eu venho de uma família pobre, de Jucás (pequena cidade do interior do Ceará), com recursos financeiros muito limitados. Eu via o quanto meu pai se matava de trabalhar pra nos sustentar e não nos deixar faltar o que comer, numa família com cinco filhos. Então, desde tenra idade eu internalizei que a única chance de eu, pobre, de família humilde, crescer na vida (social e financeiramente), era através dos estudos. Mesmo não sendo um exímio estudante no ensino fundamental, em termos de dedicação, eu sempre tive foco! Eu sabia que eu teria que fazer uma faculdade e conseguir um emprego que me desse uma boa estabilidade financeira. O apoio de meus pais e irmãos foi crucial nesta empreitada, tanto que foram meus irmãos mais velhos e minha mãe que me alfabetizaram! Quando eu era aluno do ensino médio eu tinha um sonho: Ser professor de matemática! E esse sonho começou a se realizar no ano seguinte à minha conclusão do ensino médio. Fui contratado pela minha antiga escola como professor temporário, ainda antes mesmo de entrar na faculdade. Essa experiência, que durou poucos meses, foi suficiente para eu ter plena convicção de que era mesmo isso que eu queria fazer da vida. No ano de 2005 entrei no Curso de Licenciatura Plena em Matemática da FECLI (Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Iguatu) da UECE (Universidade Estadual do Ceará) e no mesmo ano comecei, pra valer, minha carreira, lecionando em escolas particulares e cursinhos pré-vestibulares. Devido a greves e ao fato de o curso ser diurno, muitas vezes chocando com meus horários de trabalho, só concluí a graduação no final de 2010. Em 2011 me tornei professor do IFCE (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará) Campus Iguatu, onde trabalho até hoje. Ainda em 2011 ingressei no Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT), no polo da UECE de Limoeiro do Norte-CE, vindo a concluir em 2013. No IFCE – Campus Iguatu trabalho com turmas do Ensino Médio Integrado (cursos de Nutrição e Dietética, Agropecuária e Agroindústria) e também com as disciplinas de Cálculo I e Cálculo II na Licenciatura em Química. Ao longo desses mais de 10 anos de carreira já tive a oportunidade de trabalhar com matemática em turmas do ensino fundamental I, ensino fundamental II, ensino médio, graduação, pós-graduação e formação continuada de professores. Sou muito feliz profissionalmente e me sinto realizado, pois faço o gosto de fazer!

Ler maisEntrevista com o prof. Elion da Silva, egresso do PROFMAT aprovado no doutorado da UFRJ

Entrevista com o prof. Eduardo Wagner

4aO prof. Eduardo Wagner é Mestre em Matemática pelo IMPA.Engenheiro civil pela UFRJ.Professor do ensino médio e universitário. Professor dos cursos de capacitação de professores de ensino médio promovido pelo IMPA. Membro do Comitê Editorial da RPM (Revista do professor de Matemática). Membro do Comitê Executivo da Olimpíada Brasileira de Matemática. Autor de diversos livros dedicados ao professor de Matemática e ao treinamento para as olimpíadas. (Fonte: http://emap.fgv.br/people/eduardo.wagner.html)

Ler maisEntrevista com o prof. Eduardo Wagner